Vem Que Tem Autos - Compra e Venda de Carros Antigos
MINHA CONTA
Cadastre-se
BUSCA RÁPIDA

BUSCA DETALHADA
Ano:
Valor:

CATEGORIAS

OUTROS LINKS
Links Úteis
Vídeos
Notícias
Conte Sua História
Cadastre seu veículo
Clubes Parceiros

BANNERS







 
Notícias
Descubra a verdadeira história dos famosos dados de pelúcia

Mais Informações:

Saiba um pouco mais sobre essa simbologia tão mal utilizada nos dias de hoje



A cultura automotiva é cheia de simbologias interessantes. Mas de vez em quando, na tentativa de resgatar um pouco da rica história do mundo dos carros, alguém tropeça e acaba transformando tudo numa babaquice. Um exemplo disso são os famosos dados de pelúcia pendurados no retrovisor.
Quando você os vê pendurados naquele Gol ?bolinha?, que também tem um logotipo da Audi na traseira, maçanetas e limpadores de para-brisa com detalhes cromados, e aquela pintura que um dia foi vermelha, eles parecem apenas mais um item brega escolhido a dedo na 25 de março para machucar os seus olhos.
Mas, na realidade, esses penduricalhos de pelúcia tem um significado histórico, que o nosso amigo proprietário do Gol com certeza desconhecia, assim como desconhece qualquer tipo de bom senso.
Nós já tínhamos ouvido diversas teorias sobre a história dos dados de pelúcia por aí, mas reviramos a Internet atrás de uma que parecesse verdadeira. E pelo jeito encontramos.



Logo de cara deu pra perceber que a terra de onde o famosos dados vieram são os Estados Unidos, mais precisamente no mundo dos hot rods. Então nos enfiamos pelos fóruns sobre o assunto procurando referências.
O que descobrimos foi que essa prática de pendurar dados no retrovisor surgiu na Segunda Guerra Mundial, quando os pilotos americanos os utilizavam como um amuleto para boa sorte na guerra. Eis que com o fim da Guerra, os pilotos regressaram para suas casas e trouxeram a tradição para seus hot rods, que também são ícones dos anos 50. E assim a febre se espalhou.
Mas a utilização dos dados de pelúcia foi ainda mais específica. Durante seu período mais popular, eles só eram utilizados quando o ?piloto? estava afim de um pega, ou quando coisa embaixo do capô não era nada amigável.
Assim, os dados de pelúcia se tornaram um sinal entre os corredores de rua para distinguir aquele cara que estava tranquilo passeando com a patroa daquele que estava procurando encrenca.



A tradição caiu no esquecimento com o tempo, e com o advento do tunning não é raro ver hoje alguns carros com os dadinhos pendurados. O problema é que muita gente não sabe de onde eles vieram, e em alguns contextos, como o exemplo do Gol bolinha, eles se tornam apenas uma peça tosca em um ambiente idem.
Então fica dica, se você estiver planejando colocar os dadinhos simpáticos no seu retrovisor, tenha a certeza de estar procurando encrenca, e de que o que estiver virando embaixo do seu capô também.

FONTE: http://vidaautomotiva.com.br/


Imagens:





Compre e Anuncie seu Auto COMPRE OU ANUNCIE
SEU AUTO ANTIGO
 
ÚLTIMOS EVENTOS
VEJA A COBERTURA
 
SOBRE OS ANÚNCIOS
COMO ANUNCIAR
 
FALE CONOSCO
DEIXE SEU RECADO

RECEBA NOVIDADES
Vem que Tem Autos - Todos os direitos reservados.